Seja bem vindo!

●๋•__ Grandes realizações tiveram início com apenas um sonho e era que um dia este sonho se tornaria realidade. Então, vá em frente e acredite! Ouse sonhar!__ °.•

segunda-feira, 25 de junho de 2012

Fruto do Espírito - parte 4

Oi gente!
Um dos 'gomos' do Fruto do Espírito que iremos falar hoje é muito especial assim como os outros.
E esse de todos os 'gomos' precisa ser muito exercitado por todos nós.

Vamos lá falaremos da LONGANIMIDADE ou PACIÊNCIA.

LONGANIMIDADE é tolerância que suporta injurias e aceita situações de irritação ou dor - O oposto da impaciência. A etimologia sugere “firmeza da alma quando provocada à mudança”.

Sabeis estas coisas, meus amados irmãos. Todo homem, pois, seja pronto para ouvir, tardio para falar, tardio para se irar. Porque a ira do homem não produz a justiça de Deus. (Tiago 1:19, 20)

O próprio Deus é tardio em irar.
“Mas tu, Senhor, és Deus compassivo e cheio de graça, paciente e grande em misericórdia e em verdade” Sl 86:15 A IRA Um estado emocional natural nos seres humanos como reflexo da própria indignação divina. Porém, a pecaminosidade faz da ira uma arma destruidora de relacionamentos e da própria pessoa irada. Compreender a ira é fundamental para o exercício da longanimidade.

O Longânimo - Pessoa de pavio longo, que não explode com facilidade, sabe esperar o momento certo para falar ou agir sem reagir ou explodir em ira quando provocado.

Deus para com os homens:
Rm 2:4 “Ou desprezas sua…longanimidade?”; 9:22 “Suportou commuita longanimidade os vasos de ira”; I Tm 1:16 “…para que em mim, o principal, evidenciasse Jesus Cristo a sua completa longanimidade”; I Pe 3:20 “…foram desobedientes quando a longanimidade de Deus aguardava nos dias de Noé…”; II Pe 3:15 “…e tende por salvação a longanimidade de nosso Senhor…”

Do homem para com os homens: 
Pr 25:15 “A longanimidade persuade o príncipe, e a língua branda esmaga os ossos”; II Co 6:4,6 “Em tudo recomendamo-nos a nós mesmos como ministros de Deus…na pureza, no saber, na longanimidade”; Ef 4:2 “…andeis de modo digno da vocação… com longanimidade…”; Cl 3:12 “Revesti-vos, pois, como eleitos de Deus… de longanimidade”; II Tm 3:10 “Tu, porém, tens seguido, de perto, o meu ensino…longanimidade”; 4:2 “Prega a palavra…exorta com toda a longanimidade…”

 A LONGANIMIDADE deve ser uma prática de vida exercendo sobre nós alto controle e total dominio de nossas ações e reações diante de toda e cada circunstãcia.
Ela deve nos ajudar a dominar a nossa personalidade por mais difícil que seja, pois, esse é um dos 'gomos' que nós cristão na maioria das vezes acabamos esquecendo de exercê-la.
As vezes queremos gritar, colocar para fora tudo o que nos vem em mente na hora da raiva, mas precisamos domar a nossa lígua. Precisamos engoliar 'SAPOS' muitas vezes para conseguirmos suportar pacientemente todas as coisas que acontecem em nossas vidas.
Não se deixe levar por ações e reações que te levem a tomar duras e na maioria das vezes atitudes impensadas, pois, trarão consequências terríveis não somente para o seu futuro mas, que podem refletir um presente não muito louvável.
Peça a DEUS alto controle de seu temperamento para que você a cada dia possa exercer a PACIÊNCIA que todos nós precisamos ter.
Seja no trabalho, na faculdade, na escola, em casa com a familia e na igreja com os irmãos.
Ser LONGÂNIMO e também saber aguardar a oportunidade surgir.
É saber esperar a hora certa das coisas acontecerem, pois, esquecemos que além de nossas próprias razões e vontades o que DEUS quer para as nossas vidas é o que realmente precisamos focar.
Aprenda a ser LONGÂNIMO em todo o tempo!

by:mangasafra

Nenhum comentário:

Postar um comentário