Seja bem vindo!

●๋•__ Grandes realizações tiveram início com apenas um sonho e era que um dia este sonho se tornaria realidade. Então, vá em frente e acredite! Ouse sonhar!__ °.•

sábado, 25 de julho de 2015

#Auto-Sabotagem

Oi gente!
Às vezes não percebemos, mas somos nossos próprios inimigos.
Li e achei muito interessante compartilhar esse belo texto.
Leiam...

Quando você se torna seu maior inimigo?
 “Se você acha que pode, ou você acha que não pode, você está certo” – Henry Ford É um ciclo. 

Você precisa estudar para uma prova, mas chega em casa e passa a noite inteira no celular. Acontece. Mas promete que vai estudar no dia seguinte. Quando chega em casa faz a mesma coisa. E de novo. E de novo e de novo. Chega a prova e vai mal, mas promete a si mesmo que na próxima vai estudar. E volta para o mesmo ciclo de não fazer as coisas que deveria fazer. Você está se auto-sabotando. A auto-sabotagem é a tendência que temos de repetir atitudes destrutivas. Não é algo intencional. São uma série de atitudes que você toma de forma automática e que acabam prejudicando sua vida sem você saber. É bem difícil explicar os motivos pelos quais isso acontece. 
Segundo os psicólogos americanos Steven Berglas e Edward Jones 1978 os motivos mais comuns que levam uma pessoa a tomar uma atitude que a prejudique é não se achar merecedora de algo. Por exemplo, você se inscreve para prestar uma prova de um concurso público com um cargo importante e com bom salário.

É algo que você almeja, mas lá no fundo, acha que aquilo é bom demais para você. Automaticamente, você coloca uma trava na sua cabeça de que nunca vai chegar lá. Que o teste é difícil demais e que você não te chance. Assim, começa a se auto-sabotar antes mesmo de colocar a caneta no papel da prova. Você inventa uma desculpa para não conseguir realizar uma tarefa difícil. “Não tive tempo”, “chego muito cansado em casa”, “é muito difícil para mim”… 
 Você se faz de vítima da própria vida sem ao menos tentar. COMO SUPER A AUTO-SABOTAGEM? Esse tipo de comportamento acontece em quase todos os âmbitos da vida. Trabalho, estudos, relacionamentos, saúde… Mas dá para contornar isso. O primeiro passo é reconhecer um padrão. Você costuma se atrasar sempre? Costuma namorar com o mesmo tipo de mulher que não vale a pena? 
Costuma sabotar a própria dieta? O que você faz sempre e te prejudica? Depois disso,deve ir mais fundo e pensar: Existe algum pensamento negativo dentro de você que leva a esses atos? Você não se acha capaz ou merecedor? O que costuma pensar ou repetir de negativo para si mesmo? São esses pensamentos que deve evitar. O último passo – e mais difícil – é desenvolver uma rotina saudável da próxima vez que estiver nesta situação. 
Pode parece difícil, mas a disciplina não é um dom dado por Deus. É um hábito. Precisa estudar? Separe duas horas do seu dia para estudar, desligue a porcaria do celular e estude. Precisa fazer uma dieta? Faça. Vai ser difícil no começo, mas aos poucos se acostuma. O mais importante é não deixar se abater por pequenas derrotas. 
Não passou na primeira prova? Paciência. Você tem conhecimento acumulado para uma segunda. Estude em cima dos erros que cometeu e se aperfeiçoe. Percebeu que está com aquele tipo de garota que te faz mal? Termine. Não espere ser tarde demais. 
O mais importante é aprender com erros e dificuldades. Você precisa aprender a superá-los e não deixar que eles ditem o modo como vive a vida.
E acima de tudo, deve batalhar duro para ser feliz.

Por - Extraído da internet

by:marcelosafra

Nenhum comentário:

Postar um comentário